Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A primeira valsa de Maria



Foi feita pra nós
Pra mim
Pra mim

Sem nada após
Sem fim
Sem fim

Somente nós dois
Assim
Assim

Guardei tua flor
Jasmim
Em mim

De tanto te amar
Explodirei

Resisto a chorar
Não sei
Não sei

Mas quero dançar
(ah, dançar!)
Só dançar
(sem parar!)
E de tudo
Esquecer

Dou-te o braço, então
E pelo salão
Vou rodando
Vou valsando!

Teu olhar pra mim
De fundo carmim
Não resisto a me entregar

E teu corpo se fez meu
Copo
E meu corpo se fez puro
motim

E eu feliz
Assim!
Girando, perdida
Assim!
Sorrindo, chorando
Assim!
Delirante e amadurecida

Enfim

D.S.
Djalma Silveira
Enviado por Djalma Silveira em 23/09/2007
Código do texto: T665115

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Silveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
267 textos (10546 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 22:24)