Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PUNK

Quero adoecer
de um mal selvagem,
que me coma os intestinos,
silencioso,
me corroa por dentro
e me leve
dessa vida igual.

Quero adoecer
e morrer doendo,
mas que doa de uma vez,
não essas dores crônicas
que me acompanham desde sempre.

Não quero que me salvem,
nem com remédio,
nem com amor,
amor tenho que ter eu,
por mim,
mas dele me privo.

Quero apenas morrer,
mas não ser o responsável.
Quero ficar quieto,
calado,
beber até cair,
sozinho,
porque observando
eu me acalmo.

Quero adoecer,
doer
e morrer.

Pois neste mundo
não há jeito
de viver
em paz.
Filipe Teixeira
Enviado por Filipe Teixeira em 24/09/2007
Reeditado em 12/10/2007
Código do texto: T666162

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Filipe Teixeira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Filipe Teixeira
Fortaleza - Ceará - Brasil, 33 anos
73 textos (6551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 04:06)
Filipe Teixeira