Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mano Velho

Tão longe de tudo,
tão perto da dor,
saudade, tristeza,
perdido o amor,

Tão cedo para nada,
tão tarde para algo dizer,
minha entrega sem valor,
meu amor não quer me ver,

Tão ocioso o tempo,
tão amargo o gosto que ele tem,
a espera para mim é tortura,
e remédio também.

Bia Guedes
Enviado por Bia Guedes em 24/09/2007
Código do texto: T666912
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bia Guedes
Fortaleza - Ceará - Brasil, 29 anos
148 textos (4067 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 05:58)