Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMIGO É ASSIM

Comigo é Assim
Lílian Maial


Por trás desse desdém,
dessa mania de me deixar na esquina,
tem muita coisa mal explicada.
É bem você quem não vale nada!
E eu aqui, me sentindo culpada?
Não, comigo não!
Comigo é  assim:
dou o que recebo,
sou o que concebo,
sem barganha ou fiado.
Escreveu, não leu, o pau comeu!
E em minha vida, quem mata a cobra sou eu.
Meu papo já está cheio de grão
E ainda não vi a cor do milho.
Antes nunca, do que tarde demais.
Chega!
Não mais esperas,
condições,
imposições.
Sofrer, eu sofro, e daí?
Aceitar o inaceitável por migalha?
Fingir que não lambo o fio da navalha?
Tenho mais é que gargalhar da pretensão.
Foi-se o tempo do aceno e do perdão.
Agora , comigo é assim:
se não quer compartilhar,
respeitar o meu lugar,
antes só, do que sem mim.
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/11/2005
Código do texto: T66694

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248824 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:08)
Lílian Maial

Site do Escritor