Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Utopia Lírica

Tranco-me em meu quarto
E começo a sonhar acordado
Me vendo feliz, dando risada
Virando alegremente a madrugada

Sonho que tenho amigos de verdade
Que, eles me abraçam com vontade
Saímos nos finais de semana
E as horas passam na maior velocidade

Imagino um grande amor
Que palavras não poderiam descrever
Que além de amiga é amante
Como creio que uma relação deva ser

Penso em como seria em meu trabalho
Acordando todos os dias animado
Pegando novamente aquele ônibus lotado
Pois, saberia que lá sou valorizado

Nos estudos tendo facilidade
Desde física até filosofia
Sendo sempre o primeiro da classe
E todos querendo minha companhia

Na família, todos tendo orgulho de minha pessoa
Dizendo que sou responsável
E que minha influencia é boa

Depois de vários pensamentos
Volto para a realidade
Destrancando -me do quarto
Enxergando a realidade

Não possuo amigos verdadeiros
E nem paixão verdadeira
Nos estudos alguns zeros
E não trabalho desde a primavera

Para a família apenas digo bom dia
Sei que sou deste modo
Por não gostar de como sou
Revejo aquelas antigas fotos
E percebo que algo mudou

Antes eu ria despreocupado
Pois, tudo era novidade
Hoje, não há motivos para rir
Talvez eu seja louco de verdade
Rael Maes
Enviado por Rael Maes em 26/09/2007
Reeditado em 19/04/2008
Código do texto: T669612

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rael Maes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rael Maes
São José dos Pinhais - Paraná - Brasil, 37 anos
70 textos (9869 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:08)
Rael Maes