Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filhos da solidão


Solidão fera raivosa
Que endoida o coração
Faz ferver sangue nas veias
Faz chorar de compaixão

Solidão faz homem doido
Cria andantes tristonhos
Que vagam olhando a lua
Com olhos cheios de antanho

Esses andantes tristonhos
Que não são pagãos nem cristãos
São poetas submissos,
Servos da mãe Solidão
 



José Mattos
Enviado por José Mattos em 03/11/2005
Reeditado em 14/11/2005
Código do texto: T66969

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.josemattos.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Mattos
Santa Rita do Pardo - Mato Grosso do Sul - Brasil, 52 anos
54 textos (2839 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:34)
José Mattos