Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA NU

Um poema nasce nu e cru.
Vem dos recônditos da alma
de quem o gesta e dá à luz.

É direto, singelo e abu*.
Traz das entranhas a palma
apresentada em contra-luz.

Um poema não se veste.
É duro no que tem de ser.
Único, inexorável, consistente.

Um poema  seu autor traduz.
É inconteste. Nunca um vir-a-ser.
Sua nudez  é contundente.

* silencioso, sem ruído
linameirelles
Enviado por linameirelles em 26/09/2007
Código do texto: T669947

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Lina Meirelles http://linameirelles.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
linameirelles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
692 textos (13457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:05)
linameirelles