Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A UM POETA MUITO, MUITO ORIGINAL

                                                       Original é o poeta
                                                       que se origina a si mesmo


                                                            Ary dos Santos – Obra Poética


Original poeta é aquele homem
que usa palavras como lentejoulas.
Desgasta-se sozinho a decompô-las
em fonemas e letras que se somem

em gargalhadas loucas. Não o tomem
por desvairado ser de ideis tolas:
põe sobre a mesa taças de papoulas
mas sabe que as papoulas não se comem.

Haverá obra mais original
que tornar Hiroshima em Carnaval
e em silêncio aguardar que a terra trema?

O poeta original não come – ingere;
não fala – canta; não insulta – fere,
enquanto solta bufas de alfazema.

                                                                 (25 de Junho de 1982)
CARLOS DOMINGOS
Enviado por CARLOS DOMINGOS em 03/11/2005
Reeditado em 16/12/2005
Código do texto: T67044
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS DOMINGOS
Portugal
80 textos (21274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:08)
CARLOS DOMINGOS