Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESENCANTO

Abrem-se as persianas da alvorada
dando entrada ao sorriso do amanhã.
Uma aura de alegria, ingénua e sã,
vem reunir a esperança tresmalhada.

Víbra o eco de passos na calçada,
caudal de sons a matraquear o afã
de alcançar a quimera por que tan-
tos tombaram no asfalto desta estrada.

Embalo-me no abraço deste vento
e parto, em flecha, de olhos no horizonte,
direito à fúria da manhã. Mas triste

foi acordar envolto em desalento
sem ver o Sol escorregar do monte…
Ó madrugada, sempre me fugiste.
CARLOS DOMINGOS
Enviado por CARLOS DOMINGOS em 03/11/2005
Código do texto: T67047
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS DOMINGOS
Portugal
80 textos (21277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:57)
CARLOS DOMINGOS