Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EVOCAÇÃO DE PABLO NERUDA

Cantava-te na alma uma sereia,
no teu sangue pulsava o Chile e o mundo.
Sacudia-se o monstro furibundo
ao pressentir-te a caminhar na areia.

Destruíram-te o amor, a esperança, a ideia
dum planeta mais terno e mais fecundo.
Lançaram-te no pélago profundo
e afogaram-te a voz na maré-cheia.

Enganaram-se. A tua voz não morre.
Na corrida só morre quem não corre
e tu não viras costas à corrida.

Pablo, irmão mais velho, estou aqui,
venho de Portugal juntar-me a ti
nesta grande cruzada pela Vida.
CARLOS DOMINGOS
Enviado por CARLOS DOMINGOS em 03/11/2005
Código do texto: T67050
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS DOMINGOS
Portugal
80 textos (21286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:22)
CARLOS DOMINGOS