Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentença

Não temo mais a morte
da carne deste corpo,
que sem ti é quase morto em vida;

Não tenho medo nem da falta
que o teu corpo faz no meu
p'ra estancar do peito o sangue
da minha ferida;

Não temo o céu nem o inferno,
nem do purgatório
a presença das almas perdidas;

Pois se o tempo desta vida é pouco,
para desfrutar da tua presença,
já decretei sentença;

Eu vou te Amar,
em vida, em morte,
em morte, em vida.
Nilson Ruas
Enviado por Nilson Ruas em 27/09/2007
Código do texto: T670917
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nilson Ruas
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
42 textos (3215 leituras)
9 áudios (2761 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 15:43)
Nilson Ruas