Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LENÇO BRANCO


Um lenço branco perdido sobre o sofá,
lenço de adeus ou de paz que esvoaçara.
Quem sabe serviu a outrem de mortalha,
ou enxuga a lágrima que rolando está ?


Quem sabe ainda sinalize a felicidade,
ou será que enxuga o pranto de saudade?
Ah! Lenço alvo que cumpre a pobre sina,
de cobrir a face de quem expira a vida.


Meus lenços foram feitos pra lembrar,
do dia em que partiu o meu amor...
triste, rasguei-o pra nunca mais chorar.


Só quero lenço agora multicor...
pra acenar todas as tardes pra você
e nunca mais secar lágrimas de dor.


Elen Nunes
Enviado por Elen Nunes em 27/09/2007
Reeditado em 06/04/2008
Código do texto: T671553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elen Nunes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 69 anos
511 textos (33396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 06:11)
Elen Nunes