Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                  LEÃO DE AGOSTO

Soberba dádiva!
Afeito é ver-se-lhe anjo fidalgo moço.

Sem que vos peça,
a mim me dais tão mais do que mereço.

Afeto fausto, afeiçoado,
terno e gentil e afetuoso.

Teu sangue e o sono,
t'alma e o corpo.

E o amor 
fiel de amado agosto.

Vivo 
ou no meu repouso,
abençoado leão de agosto,
dou-te infindo e eterno
todo o meu amor de farto gosto. 



MANOELSERRÃO - SLZ/MA  - o.o.s - 10.08.2005.
 


serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 28/09/2007
Reeditado em 27/11/2007
Código do texto: T671877

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (160848 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 02:29)
serraomanoel