Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Farewell(a Keith Richards)


Meu pai caiu sobre a mesa
Já morto

Não consegui tocá-lo
Queria beijá-lo
Chorar sobre ele
Mas não podia

Cadê, agora,
Os seus braços fortes, meu pai?

Cadê a força das suas pernas
As pernas que transpunham
Qualquer obstáculo!
Cadê, pai!

Cadê seus olhos
Que tudo viam
E que choravam sempre
De amor ou ódio?

Cadê?
Quê fizeram com você,
Meu velho
Meu tudo

É nada agora

Mais frágil que o vento
Soluto na água
Disperso nos restos

Onde está sua força, pai
Agora que mais preciso?

Fala comigo, pai!
Mas, cadê a sua boca
Que xingava
Que sorria. Que bom
quando você sorria, pai!

Quisera sorríssemos
Juntos, agora!
Como fizemos outrora.

Você me ensinou, pai
Que tudo na vida
É saber que nada somos
Que somos pó
Erro e matéria frágil

Que a humildade é
Mais forte que o músculo

Que a fé
É mais forte que a verdade

Que a vontade
É mais forte que o Destino

E o amor
É mais forte que tudo

Já sinto saudade sua, pai
Já me vejo partindo também

E quero ser como você
Nem mais, nem menos
Igual, simplesmente

Quero que, no meu fim
Meu filho aja comigo assim
Como ajo consigo
Agora

Fechei a urna e
Juntando numa carreira
Cheirei as cinzas
Que caíram sobre a mesa.

D.S.





Djalma Silveira
Enviado por Djalma Silveira em 28/09/2007
Código do texto: T672266

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Silveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
267 textos (10563 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:43)