Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

do poeta, a raíz e o tempero / 4

um sonho trémulo, esvoaçante, desloca-se no espaço,
na fantasia absurda do impossível...

...ergue-se nas lembranças sussurradas
e na saliva dos lábios
beija-se intenso, profundo...

...na imaginação impressa nos vazios do sono
um imenso noctívago que mancha o analgésico do dia,
um despertar nas ruas vazias do corpo,
um delírio que mastiga a realidade...

um medo de acordar!



28 de setembro de 2007
                      18.29 h
João Videira Santos
Enviado por João Videira Santos em 28/09/2007
Reeditado em 13/03/2009
Código do texto: T672326

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Videira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Videira Santos
Lisboa - Lisboa - Portugal
234 textos (16928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 04:00)
João Videira Santos