Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AH! ESSA BOCA!

AH! ESSA BOCA!

Ah! Essa boca!
Pequena fábrica de amor,
que me faz delirar, gemer e gozar.
Que deleite sentir seu calor!
ouvir dela, o carinhoso amor.
AH! Essa boca morna, fremente, eloquente!
Chega  a ser indecente
o meu desejo de lhe dar valor.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 04/11/2005
Reeditado em 16/07/2009
Código do texto: T67275

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50922 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:18)
Mario Rezende