Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reencontro em Paris



Uma canção
Se desprendeu
Do vaso meu
De vidro que
Caiu no chão

Que bela és
Que Deusa és
Um carro freia
Em bulha atrás
Quase o senti

Quase não pára
Quase me apanha
Então buzina
Então reclama
Quem quer saber?!

Não quero ouvir!
Nem quero ver!
Percebo aí
O meu olhar
te perseguir

Edith Piaf
Pôs-se a cantar
E eu a sorrir
Sem me sentir
A delirar!

Meus olhos se
Cruzaram aos seus
Meus braços se
Estenderam a
Te convidar

Só p’ra dançar
Cedendo ao céu
Que olhava assim
Sorrindo só
Querendo ver

Nós dois dançar!
E distrair!
Da confusão
Que o mundo ao chão
Sem cores, cão
Teima em curtir

O teu olhar
Me atendeu!
E unidos nós
Saímos na
Rua a dançar!

O povo igual!
Estátuas viu
Nosso bailar
E sob o anil
Pôs-se a cantar

E ah, meu Deus!
Oh! Ulalá!
Que bom dançar
Que bom viver!
Que lindo amar!

Sorrindo mais!
Dançando assim!
Quase a voar
Ouvindo o som
Dessa canção
Quase a sonhar

Que bom! Très bon!
Mais oui! C’est ça!
Je veux danser
T’aimer, voler
Eu quero mais!

Parar jamais!
Pra que pensar?!
Teus dentes re-
Fletindo o sol
A me encantar!

Por entre os carros!
Ganhando as ruas!
Intensamente
Por entre a gente
Sempre a te olhar!

Os raios rubros!
Desta manhã!
Lançaram-se
Nos teus cabelos
Que enrubesceram

O olhar marfim!
Dos olhos teus!
Olharam os meus
Fitando-me
Enquanto o céu

Se estendeu!
A nos mirar!
Sedento de
Poder, enfim
Assim dançar

E então sorriu!
Cantou com Piaf!
Que se espalhou
No vento que
Pôs-se a soprar

E soprou mais
Forte demais!
Nos elevou
Tirou do chão!
A flutuar

Je vais sourire!
Mourir parfois!
Beijar-te assim
Criança a me
Emocionar

Segura assim!
A minha mão!
Não olha o chão
Querendo não
Te machucares!

Segura em mim!
Firme assim!
Fechando os olhos
Só a sentir
O meu pulsar!

Lará! Lará!
Lará! Lará!
Je veux t’aimer
Vivre, pursuivre
Tu est ma joie !

Il faut danser!
Viver, dançar
Te encontrar
Olhar pr’o céu
Sorver o ar

A brisa que
Leva o perfume!
Que o teu corpo
Emana a me
Embriagar

Viver é assim!
Dançando assim!
Sonhando assim!
Simples assim!
Sempre a cantar!

Edith Piaf!
Charles Aznavour!
Oui! Je vous aime
Car avec vous
J’appris toute la
Douceur d’amour!

Desperto, então
Jogado ao chão
Meu coração
Batendo forte
Sinto a sangrar

Será o amor?
A machucar?
A dor a que
Insisto em
Me entregar?!

Será a luz
O sol feliz?
Por ver-me assim
Feliz também
A suspirar?!

Ah, Deus, enfim!
P’ra que chorar?!
Viver pra mim
É pouco, assim
Sonhar e amar!

Será meu fim?
Meu despertar?
Da carne que
Insiste sempre
Em machucar?!

Me vais, adieu!
Oui, mes amis!
Vou me encontrar
Com meu amor
Enfim, feliz!

D.S.






Djalma Silveira
Enviado por Djalma Silveira em 29/09/2007
Código do texto: T673781

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Silveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
267 textos (10563 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:06)