Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher!


A mulher em mim.

Despe a vergonha,

Enfrenta temores,

Esquece os pudores,

Quando fala de amores!

A mulher que sou,

Fica nua dançando na praia,

Numa noite enluarada.

é ardente e apaixonada...

Procura guarida,

Em versos suaves,

Pele quente, macia,

Mãos que acariciam...

Voz que fale de flores, cores,

E me envolva, num beijo molhado sensual,

Descrito em versos,

Rabiscados por um anjo,

Com uma pena encantada

Que relata nas linhas nossas cenas.

E me ama fazendo poemas!

Sou uma mulher apaixonada.

Por um poeta bandido,

Com olhos de lince,

E escrita de mago.

Feiticeiro, asceta,

Mago das letras!

Que me fez sacerdotisa poeta.

A mulher que estou...

É ardente  e libidinosa,

Envolvente, atraente,

Tem cheiro de flor,

E gosto de amor!

È domada e dona.

E reverte os papéis,

Guerreando em linhas e versos,

Com fogo nos olhos,

E entregue ao prazer, de ser,

Mulher!

Suave e serena,

Com jeito de bonança,

Mais se tua nau,

Em meu mar se lança,

Enfrentas as procelas de paixões tantas...

Sou mulher, e gosto de ser.

Contemplando meu homem,

Num singular momento da entrega,

Dama, meretriz,

Sou mulher,

Sou feliz!
Observadora
Enviado por Observadora em 04/11/2005
Código do texto: T67385
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:41)
Observadora