Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERDADE

por Regilene Rodrigues Neves

Além vidas
Fui buscar sonhos
Navegar minha alma
Por mares infinitos
Viajar pela liberdade
Em arco-íris coloridos
Libertar amarras de almas
Vazias de solidão!

Escalar montanhas
Num vôo de pássaros livres
Amantes da natureza
De ocasos e pores do sol
Num infinito de céus...
Ah! Quão livre
São os sonhos pujantes
Da liberdade...Do amor e da vida!
Quisera eu poder navegar
Acalentar-me da sedenta paz
De espíritos livres!...

Sentir o toque do vento
Sussurrando a brisa cálida
Amor...Amor...Amor...
Contemplar borboletas
No saciar de néctares
Em flores abertas
Para ofertar o mel!

Há! Quão grande é o princípio
Que gera a vida
E a concebe num deleite
Único de seios que se fartam
Do alimento que a saciam
Para elevá-la a um meio de lutas
Venturas e desventuras
Em caminhos de longas estradas!

Escaladas íngremes
Em degraus escorregadios
De violências e ignorância de homens
Egoístas e egocêntricos
Ferindo como feras seu semelhante!
E o que resta está na esperança
Da vida que preenche o universo
Saciando numa visão de Deus
O poder da sua criação
Do seu princípio...Meio e fim!
Somente a certeza Dele
Faz-me crer no amanhã
Na verdade do seu universo
Na plenitude da liberdade... Do amor...Da vida e dos sonhos!...

regipoeta
Enviado por regipoeta em 04/11/2005
Código do texto: T67407

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
1312 textos (134443 leituras)
22 e-livros (7176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:19)
regipoeta