Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ESCULPINDO VOCÊ EM MEU CORAÇÃO!



Estou tentando colorir as



 palavras para suavizar o



que elas pretendem significar!



Tento incrédulo acender a



chama de um fogo extinto!



Assopro um cisco de frase



para desdizer o dito pelos



meus olhos toda vez que



 fito os seus visores



empardecidos!



Soqueio abusado as letras



sofrentes que buscam aderência



para dar vida a um sentimento!



Pintei o mundo!



Quase nada auferi com o



augúrio de um nome diferente do seu!



Maldormidas letras e frases!



Maldizentes versos que tanto me



unem ao seu mundo!...



Suspiram no susto do rabisco



para esculpir no meu coração,



eternamente,



a sua escultura em



forma de anjo!



©Balsa Melo


11.01.06


Cabedelo - PB

BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T674473
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 02:30)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)