Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACOMPANHADO DE MIM MESMO! (coletânea)


É estranho estar só neste espaço de mundo!

Observar as pessoas cuidando de você com o ar de espanto por
estar espantando o espanto de estar só!

Não entendo ser fora do comum optar
por essa momentânea desdita!...

Às vezes é inviável desgostar-me
com falas repetidas e que os tímpanos se
ferem por tanta repetição!

Não assumo a diferença por estar diferente,
as diferenças existem e
brotam a cada passo!

Gosto de gostar do meu
gosto de ouvir a minha fala
nestes momentos que preciso estar
acompanhado de mim mesmo!

©Balsa Melo
16.07.85
Uberaba - MG
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 30/09/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T674507
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:44)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)