Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dividida!

Dividida entre duas paixões.

Corações divergêntes,

Tão diferentes!

Navego em dois mundos,

E me lanço numa dúvida atroz.

Um,  manso, querido

Amor amigo.

O outro, antigo fascínio,

Meu delírio,

Meu feitor, meu algoz!

Um, me ama suave,

O outro, me adivinha as vontades!

No beijo, a expressão deles mesmos.

Um, me beija o rosto,

O outro, passeio seu beijo em meu corpo...

Um, é meu porto seguro,

Águas mansas, tranqüilas.

Me dá guarida!

O outro, tempestade que mergulho,

Engolfada pelo desejo,

Sedenta por seus beijos...

Seus afagos e anseios.

Sabe tocar-me os seios...

Um, me desperta a mulher,

Mãe, companheira.

Faz minha vida feliz,

Num instante que sorrir para mim.

Ele é o meu mundo constante.

O outro desperta minha lascívia,

Descortina o infinito num toque,

Me envolve seduz...

Seu corpo meu gozo traduz.

Domador da minha fera,

Meu fogo, meu amante.

Já perdi meu rumo,

Estou sem direção.

Despi meus últimos sonhos,

Em nome de uma ilusão.

Entre a certeza serena de um.

E a luxúria envolvente do outro.

Não consigo me decidir.

Na verdade, eu quero os dois...

Num invólucro só!

O homem que tranqüiliza  minha alma.

E o que conhece meu corpo e me acalma!




Observadora
Enviado por Observadora em 05/11/2005
Reeditado em 07/11/2005
Código do texto: T67607
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:58)
Observadora