Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASTELOS

Muitas vezes nos beijamos
Nos abraçamos também
Quantas juras nós juramos
Planos e promessas fizemos.

Sonhamos sem pés no chão
Verdadeiros castelos
Castelos só de ilusões.

De repente acordamos
E tudo tinha desadado
De um lado eu lamentava
Do outro você chorava.

Tentamos, e foi inútil.
Parece mesmo destino
Nos separamos de vez.

Uma lacuna ficou
E entre nós só restou
Lembrança do que passou.
Gildete Vieira Sá
Enviado por Gildete Vieira Sá em 01/10/2007
Código do texto: T676272
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gildete Vieira Sá
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1242 textos (27988 leituras)
1 e-livros (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 21:35)
Gildete Vieira Sá