Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desabrochar do Poeta

O poeta nasce de sonhos adormecidos,
amores interrompidos,decepções.
De dores,lamentos e alguns sofrimentos,
dessa eterna arte de viver e transformar.

O poeta nasce numa esquina qualquer
colorindo a vida da cor que lhe convém.
Reinventando histórias enfeitadas de sonhos,
invertendo páginas do passado surrado.

O poeta nasce do bem querer latente,
mesmo numa alma doente e descrente.
Assoviando numa folha palavras adocicadas,
fazendo do amor um lindo buquê de flor.

O poeta nasce na melodia do amanhecer,
mesmo num dia cinzento e escuro.
Transforma tudo claro em coloridas flores,
viaja e arranca da alma puros sentimentos.

O poeta navega no infinito em sonhos,
alcança estrelas,adormece na cauda de um cometa.
Arremessa todas incertezas ao vento cantarolando,
numa canção revoluciona a existência sombria.

O poeta faz da mentira uma grande verdade!


Sandra Almeida
Enviado por Sandra Almeida em 01/10/2007
Código do texto: T676359
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Almeida
Cacoal - Rondônia - Brasil, 59 anos
288 textos (6800 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:49)
Sandra Almeida