Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMA ERRANTE

Sou cigana de alma
De corpo, pensamentos
Sangue quente correndo nas veias
E a música no coração
 
Saio sem destino no tempo
À procura de um lugar
Que seja o meu porto seguro
Onde em paz, possa ficar
 
Procuro a energia da vida
Que venha me libertar
Dos meus fantasmas, meus medos
Dando cor em seu lugar
 
Sou a cigana esperança
Cigana do fogo, da água
Temperança de elementos
Pronta a desabrochar
 
Sou a cigana do amor
Cigana na lua, na rua
Cigana do espaço etéreo
Cigana em qualquer lugar
 
Sou a cigana da vida
Que sente em suas entranhas
A força do sol, seu calor
Explodindo tal qual um vulcão
 
Nas minhas mandingas, feitiços
Bola de cristal e tarô
Vivo no espaço vazio
Procurando achar um amor
 
Pois como cigana errante
Que vive pra cá e pra lá
Busco um cigano de alma
Que queira em mim, se encontrar.
 
Neli Neto
Neli Neto
Enviado por Neli Neto em 05/11/2005
Reeditado em 08/04/2006
Código do texto: T67643

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neli Neto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
98 textos (45246 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:48)
Neli Neto