Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades



É este direito a que me nego
Saudades sem notícias
Não de vir,
Não de ser,
Nem mesmo de estar
Apenas por parecer
Sem justa significância
Cortando os dias
Como lâmina de corte fino.

Atrocidade, sim
Essa que consome
A pagina branca
Sem rimas curtas
Sem despedidas.

É assim que nego
Cada dia de esperar
Apenas um rabisco de vida
Que tire a dúvida do luto.
Apenas por querer
Sentir
E estar presa
Nas virgulas de um refrão

Paula Cury
Enviado por Paula Cury em 05/11/2005
Código do texto: T67666

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula Cury
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
114 textos (8472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:36)
Paula Cury