Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                             A FALHA

E NÃO
MALDIGA!
CARREGA-O CONSIGO
CATIVO,
NÃO OUVIS DA CASAMATA?
O EU PROFANO - O MOTIM -
O SÓ-MENOR CONTIGO!

NÃO VÊS QUE O INVÉS O ASSUSTA?
QUANDO SE LHE ESCAPA À TONA,
S'ESBARRA AO OMBRO O BÁRBARO, 
E O TIRA DO SONO
O MAL INSANO
-  O VIL, DESLEAL,
DE CARÁTER BAIXO - .

BRAVO!
LANÇA-TE SEM MEA CULPA,
SEM MEIA CARA,
VESTE T'ARMADURA, 
ERGUE O METAL NOBRE D'TUA ESPADA.

O DIADEMA
DIAL DISLATE DA TUA FALHA,
IMPÕE-SE DERROTA,
FRONTAL,
FLANCO, 
E RETARGUARDA.

FAZ 
D'TEU EU,
D'UM SOLDADO,
UM EXÉRCITO [DOS EUS]
E COMBATA-OS, SUFOQUE-OS
QUEM MAL TE FAZ!
GIGANTE IMENSO, SENÃO? 
- TRÊS, SERÃO 63 D'OUTRA VEZ.

MANOELSERRÃO - SLZ/MA - TRINIDAD - 01.10.2007.
serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 02/10/2007
Reeditado em 14/02/2008
Código do texto: T676867

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (158868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:25)
serraomanoel