Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alguém ouviu ditos!?

Pau que nasce torto, nunca se indireita...
Em terras de cego. quem tem um olho é rei...
Em casa de ferreiro, o espeto é de pau...
Eu quero, eu posso, eu vou...
Assim dizia Nhô Zé!

Em boca fechada, não entra mosca...
Quem tem teclado de vidro, não atira pedra no vizinho...
Quando um não quer, dois não descutem...
Quem sabe, sabe! Quem não sabe, aprende...
Assim dizia Tia Maria!

Quem sabe sorrir, sabe viver...
O mal está nos olhos de quem o vê...
O pior cego é o que não quer ver...
O que os olhos não vêem, o coração não sente...
Assim dizia Vó João!

Nhô Zé, Tia Maria, Vó João...
Vó Messias, Tio Josias, Seu José...
Caiu na boca do povo, pois alguém falou...
Afinal, o saber não ocupa lugar...
Nasce do povão... no acaso!
Verônica dos Santos
Enviado por Verônica dos Santos em 02/10/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T677318

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica dos Santos
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
346 textos (24858 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 13:25)
Verônica dos Santos