Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Faz-de-conta

Faz-de-conta

Fátima Dannemann

Amor, sentimento ingrato...
Se é bom como dizem,
 se é sublime como falam,
se é divino como pregam os mestres,
porque nos faz sofrer tanto?
Porque o amor dilacera o coração
e deixa a alma sangrar e se esvair?
Amor... Sei não.
As vezes não acredito nele,
porque para mim não chega amor,
 só a dor que rima com ele.
A dor de nunca receber amor de volta,
a dor de penar sozinha mesmo em sonhos,
a dor de ver outras pessoas
atravessando meu caminho
e destruindo a sorte...
Não, amor?
Delírios de poeta, ideal de sonhadores...
Matéria etérea... Não existe.
E se existe é invisível, intangível e inalcançável
Maria de Fatima Dannemann
Enviado por Maria de Fatima Dannemann em 06/11/2005
Código do texto: T67860
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria de Fatima Dannemann
Salvador - Bahia - Brasil
66 textos (9049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:21)
Maria de Fatima Dannemann