Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi no outono

Anna Müller



Esse outono sem sol e cinzento

Dá-me angústia de o sentir

Um silêncio faz-se então surgir

Um triste e dorido lamento

Não há verdes folhas no jardim

Nem das flores todas as matizes

E ouço um cântico dentro de mim

Como pássaros tristes...infelizes

Na espera da doce primavera

cerro os olhos e sinto o sol

que desperta um novo amanhecer

No despertar de uma nova era

os tons suaves de um arrebol

traz de volta mais um renascer.

_________________________________

Versos loucos

Anna Müller


Que esta loucura sim, de te amar não feneça;

Já não mais suporto esta angústia tão sofrida,

latejante em dor, o coração arrefeça,

banhando a triste alma com lágrima dorida.

Que esta tortura não dilacere meu pensar;

Onde me perco por caminhos em tropeço,

viajante de um tempo frio sem nunca cansar,

buscando em ti, mais uma vez o recomeço.

Retomo agora este caminho inacabado;

na incerteza de chgar onde eu espero,

e em meus sonhos... um desejo realizado,

de sentir teu corpo que tanto venero.

teus doces lábios com os meus poder beijar;

guardar na boca o adocicar que tanto quero,

e nesta loucura dos meus versos te encontrar,

porque sem ti, eu endoideço e desespero.

___________________________________________________

Planeta terra

Anna Müller


Um globo imenso, um grão,és no universo,

de riqueza e pura beleza residentes;

a cor azul, a inspirar no poeta o verso,

e o verde a dar a vida aos seres presentes.

És maltratada...ferida por tantos filhos,

que tantas lágrimas faz chorar aquém te adora;

Mas há os incansáveis a caminhar por trilhos,

a defender-te mãe, que em silêncio chora.

Mesmo imensa a abrigar e dar a vida,

és tão frágil, que chora a dor esganecida;

por teus filhos cruelmente torturada...

Poucos são os que aqui estão a te proteger,

Mas a luta nunca haverá de esmorecer;

És nossa mãe, por muitos idolatrada.

__________________________________________

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 03/10/2007
Reeditado em 04/10/2007
Código do texto: T679276
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1738 textos (176562 leituras)
23 áudios (10674 audições)
35 e-livros (9253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:45)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor