Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PLENITUDE DO SILÊNCIO

De madrugada, o silêncio...
Muitos dormem enquanto apenas
O barulho dos sonhos
Ressoam em minha mente.
Em nossa cama ela dorme
Um sono de quem é amada
E sabe disso.
Sono tranqüilo, pois tem certeza da sua proteção.
Contudo o silêncio não é rompido.
Olho para o teto
Tento não pensar em muita coisa importante
Enquanto apenas ouço o silêncio.
Sinto vontade de um café quentinho,
De escrever um poema
E ficar assim quietinho
Sem pensar nos problemas,
Apenas juntinho do meu amor
E descansar...
E sonhar...
E amar...
Rompendo a madrugada
Na plenitude do silêncio.
Igor José
Enviado por Igor José em 04/10/2007
Código do texto: T680009
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Igor José
Itaperuna - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
12 textos (493 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 23:25)