Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCURA

Está proibido de me tocar,
de me julgar,
de me enganar.
Impedido.
De me olhar com esses olhos falsos.
Sombrios.
Esse olhar frio.
A sua sandice assimétrica
faz o meu corpo arder.
Não quero mais a bruxaria
para não ser queimado,
pela Inquisição Secular.
Ou.
Pelo olhar incandescente
de uma pessoa
despudorada,
equivocada.
Sem rumo.
Amoralizada.
Quero a redenção:
por séculos e séculos...
A omissão.
Não o perdão.
A Loucura.
Edilmar Amaral
Enviado por Edilmar Amaral em 04/10/2007
Código do texto: T680516

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilmar Amaral
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
326 textos (4355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 17:02)
Edilmar Amaral