Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTE SINA... VIVER SEM VOCÊ!


Atira-me certeira flecha!

O meu coração ferido compadece
frente ao seu escárnio!

Não resistindo à dor do
fecundo ferimento e
abalado pela excisão
daquele amor,
suspirou a derradeira frase
tentando alentar a cruel
retórica da desilusão!...

Iludiram-me os dedos que
cobiçavam uma fresta para
abrir meu peito para novo sol
luzir minh' alma!...

Sem efeito!

Flechou meu silêncio!

Arruinou minha tranqüilidade!

Gritou inibindo a timidez
do seu abandono...

E ele fez coro alvejando a minha
lembrança para uma eterna recordação,
da triste sina, que é viver sem você!

©Balsa Melo
06.02.06
Cabedelo - PB
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 04/10/2007
Código do texto: T680662
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 22:54)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)