Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAMENTO

     

     Preto velho
     Carapinha branca
     Medita sózinho
     A suspirar...
     Relembra
     Com mágoa e saudade
     Sua mocidade
     Que tão longe vai...

     A casa grande,
     O açude, a senzala,
     O café florescendo,
     O terreiro a dançar...
     E a "mãe preta"
     Embalando o bercinho
     Do seu "sinhozinho",
     Ternura no olhar...

     Escravo livre,
     Feliz, sem chibata,
     Sem tronco, sem marca,
     Feliz a cantar...
     Noite de lua,
     Negro apaixonado
     Beirando o riacho
     Sózinho ao luar...

     Preto velho
     Carapinha branca
     Sofre amargurado
     Nem quer mais viver:
     Ficou sabendo
     Que há negro sofrendo
     E ainda morrendo
     Por causa da cor!...
Linandre
Enviado por Linandre em 06/11/2005
Código do texto: T68141
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Linandre
Itabira - Minas Gerais - Brasil
244 textos (18334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:55)
Linandre