Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

mundo de tragédias

pai, diga-me:posso salvar todas as vidas que pecam a cada momento que eu respiro?
miséria
dor
revolta
sofrimento
rancor
pai,diga-me:onde está o amor?
todos os dias rezo por um mundo melhor
mas a cada hora que passa
o homem demonstra ódio e não misericórdia
céus escuros pela maldade
dominam a paisagem da minha alma
onde antes havia paixão
hoje existe um coração sem razão.
guerras cercam todos os cantos de todos os espíritos
meu deus
ajude-os
antes que seje tarde demais.
lágrimas no paraíso
começam a cair
como uma tempestade revoltante no mar de ilusões
verei o último suspiro da humanidade
no dia do apocalipse
onde haverá derrotas e vitórias
todas as flores morrerão
com o perfume da discórdia.
tantos amigos
que morreram
por uma causa justa
salvar o mundo das trevas e do medo.
Deus
voce que é o senhor de todos os elementos
de todas as formas de vida
senhor da razão
do coração
do amor
da alma
do espírito
da esperança
da misericórdia
do destino
do poeta
das emoções
perdoe-me
eu só quero um mundo sem tragédias.
escute-me:
por todo lado que eu passo
vejo
um mundo de tragédias.
milhões morrendo através de doenças, armas e do ódio que as aniquila a cada suspiro meu.
desejos proibidos
navegam na alma da escuridão
o medo reina absoluto
dentro de cada coração
pai nosso
perdoai
as nossas ofensas
nóis não queremos
ser filhos
de um mundo cheio de pecados.
queremos estar ao seu lado
ao lado do deus todo poderoso que o senhor és.

Dom Abreu
Enviado por Dom Abreu em 05/10/2007
Código do texto: T681794
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dom Abreu
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 32 anos
3808 textos (123246 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 02:02)
Dom Abreu