Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRISIONEIRA DE UM SONHO

Mergulhei num intenso sonhar...
Deixei-me levar.
As asas de uma grande ave de rapina me carregaram.
Não mostrei resistência e ela me levou.
Levou... levou...
Sobre uma nuvem me depositou.
Nuvem inóspita.
Só me dei conta que me tornara prisioneira de um sonho muito tarde.
Estragos irreparáveis já tinham ocorrido.
Enquanto na nuvem fui mantida fiquei sem ação e refletia.
Por que um ser que tão bonito me parecia me colocou em tal agonia?
Acontece que apesar de minha aparência frágil sempre fui uma fortaleza.
Precisei mais do que força pra recomeçar minha vida depois deste sonho.
Precisei de um pouco de esperteza.
Claro que eu me libertaria...
Reencontrei a alegria.
SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 05/10/2007
Reeditado em 09/04/2011
Código do texto: T681857

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4558 textos (80331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:58)
SONIA DELSIN