Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUIMERA

Olhos de fogo
Penetrando minha alma nua e crua
Em meu puro deleite
Incensatez absurda
Sentimentos solitários
De uma alma triste
em um sorriso vazio
Numa solidão invasiva
Mistura de palavras tristes
em meu pobre coração dilacerado
olha o monstro lá fora
Titubeando na escuridão da noite fria
Apenas buscando uma razão
Para somente existir
Esses são momentos de pura solidão
Inertes pensamentos
sou o pensamento poético
A espera de um verso
Uma rima perfeita
De uma lágrima, uma verdade
A poesia está em mim
Dentro de meus sonhos
Sei que ainda haverá versos para cantar
Mesmo que chova solidão
A chuva irá passar
E irei sorrir outra vez...
Lívea Messina Nunes
Enviado por Lívea Messina Nunes em 05/10/2007
Código do texto: T681872

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lívea Messina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
691 textos (75789 leituras)
3 áudios (523 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 08:44)
Lívea Messina Nunes