Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" O Medo de Escrever"

Miro o papel em branco
Agora jaz na mesa, indolor
Mas, inquieto na minha mente,
Desafiador
Tento disfarçar o olhar
Corro até a janela
Procuro alguma desculpa
No burburinho infernal das ruas
Mas, ele permanece lá
Atrapalha meus devaneios
Me aguarda ansioso
Vazio, dói.
Onde uma caneta repousa solenemente
Quero fugir, fingir que não é comigo.
Quais de mim surgirão
Naquele inerte papel?
Que tipo de gente de mim vou exorcizar?
Que espécie de mim vai se revelar?
Que crimes e flores irão desabrochar?
Quanto de mim vai rir ou se desmanchar
Em choro solitário com pena desses pobres homens?
Quais defeitos e vergonhas vão ser expostas
Em praça pública
Em humilhações sem piedade
Que revoluções despertarão no seu colo?
Quais religiões provocarão mortes em guerras financeiras?
Que políticos assassinarão seu povo, sua língua
E seu planeta?
Que planeta surgirá nesse papel?

O que espera de mim esse terrível papel em branco?
Zeca Devebec
Enviado por Zeca Devebec em 05/10/2007
Código do texto: T681931

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zeca Devebec
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (4920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 20:55)