Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORPO FECHADO

transporás empecilhos que o rumo apresenta,
porque tua vontade já disse a que veio;
chegará teu momento, pois ele pertence
à verdade que atua nas tuas entranhas...
Acredites no sonho que sempre teceste;
nessa força inerente aos teus passos decisos;
no sentido que faz insistir na miragem
que o deserto algum dia tornará tocável...
Tenhas calma e certeza na tua investida,
consumando que a vida pertence a quem vai
(a quem cai quantas vezes se mostrar preciso)...
Quanto a tantos despeitos, não tens que temer;
és roseira que o vento balança e não lesa;
pimenteira vital que olho-grande não seca...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 06/10/2007
Código do texto: T682852
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3110 textos (62595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:42)
Demétrio Sena