Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPO FINITO...



O tempo, finito, está passando
e eu não vejo...
E eu não sinto...

Emoções vou amordaçando
e ao desejo,
sempre minto...

Meus sentimentos desfaço
e em Amor não penso.
Num vazio imenso
que aos poucos me sorve,
me engole, me absorve,
fico sem tempo nem espaço!

E fica o planger do desencanto
e de prantos no ar,
que ninguém ouve...

Com recordações me encanto...
Das ondas o marulhar,
que já não há, mas houve...

Do prodígio doce dos poentes,
da melodia suave das nascentes...

Do Amor e da Paixão frementes,
de toques sensuais doces, crescentes!












HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 06/10/2007
Código do texto: T683421
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11697 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:05)
HELENA BANDEIRA