Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOTO: LENÇÓIS MARANHENSES.

               DUENDE NOTURNO


A SOLIDÃO FÊ-LO
PRESO EM ÉBANO,
DENTRE SENDAS E PÉLAGOS,
AO SE PÔR O SOL O DIA A SE FINDAR,
VAGA NO SILENTE TÉDIO,
O PIDÃO COSSACO ÉBRIO,
QUE DE RESTOS VIVE AONDE QUER QUE VÁ!
 
AQUI E ALI,
A FORÇA DO DESEJO VERDADEIRO,
COME A CRENÇA,
COME O HOMEM, 
COME O SONHO,
QUE O HOMEM COME O SEU PRÓPRIO FIM.

DE SÚBITO,
EMERGEM DAS ENTRANHAS, 
DOS CONFINS AUDAZES ALQUIMISTAS, SALTIMBANCOS E POETAS,
LUNÁTICOS E AMOROSOS, DESPOJADOS DE SI MESMOS, E "PRISIONEIROS" DA NOITE.

SERRAOMANOEL - SLZ/MA -  BACABAL/MA - CACHAÇARIA DO  SANTANINHA - 25.07.1982. 
serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 09/10/2007
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T687536

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (160943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:59)
serraomanoel