Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0175 - Buscando o pecado



Hoje te convido para um pecado,
doce, melado, infantil como teus olhos,
o abraço pouco tímido,
como se fosse o primeiro de todas as noites.

Hoje estou carente como antes,
preciso da namorada, da mulher,
não só para ficarmos juntos,
quero tudo ardente, louco, como nunca fomos.

Nada é eterno, então que dure mais esta noite,
se é pecado deve ser gostoso, exagerado,
quero mudar os sabores, o meu pelo teu,
lambuzar tudo e toda, com a boca, com os sexos.

Vamos sentir os corpos suados, lisos,
cada amante trazendo seu prazer,
e, juntos os exageros, como um caso qualquer,
gritar seus gozos, o sentir frenéticos dos êxtases.

19/03/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 17/03/2005
Código do texto: T6887
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116248 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:13)
Caio Lucas