CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Rimas loucas


Consciência plena ninguém tem
Paciência amena, às vezes convém
Anuência extrema não faz bem
Reticência instiga ao que ainda vem
 
Displicência é típico de alguém
Que tem a negligencia como um bem
Penitenciando, por vezes, a quem tem
Dependência que lhe faça refém
 
Dissidência é um ato que mantém
Coerência no trato com alguém
Cuja interferência de outrem
Manda-lhe a paciência para o além
 
Mas pra minha insistência nesse trem
Há de haver indolência um tanto zem
Porque só a demência é que provém
Assistência que leia sem desdém
Edbar
Enviado por Edbar em 11/10/2007
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T689357

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Olinda - Pernambuco - Brasil, 62 anos
2129 textos (69202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/04/14 07:18)