Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS DIAS DE ONTEM

As fortalezas desmoronam
mas o orgulho não ....
.....................................
Os dias de ontem parecem
tão distantes,
hoje os instantes
indiferentes padecem
sem a magia
esquecida no canto
da insuperável teimosia;
Os dias de ontem parecem
tão distantes,
e no campo dos devaneios
brotam, germinam, crescem
os encantos das lembranças,
e perdido nestes enleios
um fugidío instante tenta
desesperadamente o antes, pois
das sombras grávidas
vicejam ávidas
as filhas do depois.
...............................
E o depois é o que se consente
sufocando no peito e na mente
a centelha da chama
que ainda se inflama,
contudo a rebeldia grita ante a razão:
"Não cerceie o coração que ainda ama".

10/10/07
ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 11/10/2007
Código do texto: T689660
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1051 textos (91221 leituras)
27 áudios (1862 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 07:49)
ANDRADE JORGE