Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tímida

___________________________________________________________

 

São tímidos

os olhos que me vêem

E que surdamente

 me observam

São ondas

            São marolas

que brincam no espelho

            Onde me vejo

                        Como ontem

                                   Eu me via.

 

São tímidas

            As palavras

            Os acenos

Os gestos controlados

            A espera

O medo do silêncio

            Do marasmo

O medo de ficar

            sempre à deriva

 

São tímidos

esses sonhos

que me assolam

            e as lágrimas da saudade

                        que senti

            descendo em ondas

            varrendo a maresia

            em marolas

                        pelo rosto.

São tímidos

            esses passos

                        na areia

                        nas estradas que percorro sem vagar

Tímida sou eu

            nesse sorriso

                        Que busca mil respostas

                                   num olhar

 

Claude Bloc
Enviado por Claude Bloc em 11/10/2007
Código do texto: T690288

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claude Bloc
Fortaleza - Ceará - Brasil
202 textos (7828 leituras)
12 áudios (1129 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:40)
Claude Bloc