Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

             PARA QUÊ PRESSA?

A TI
QUE PENSA
QUE TE PRESTA,
QUE NA VÉSPERA
SORRIR DE ANTEVÉSPERA!
 
A TI
QUE QUER PRESSA,
A EFÊMERA PRESSA, 
DE TODAS
AS PRESSAS.

SINTA DEPRESSA,
A PRESSA QUE TE LEVOU DAQUIR.
SINTA DEPRESSA,
A SAUDADE DO QUE É PARTIR.

O SOL QUE ALIMENTA
O AMOR QUE NÃO SE INVENTA,
SE INCRÉU
NÃO TE CONVENCE
DE QUE PODE-SE POR VÊZES
VOLTAR CHORANDO DAS QUIMERAS
E REGOJIZADO DAS TORMENTAS

NÃO HÁ PRESSA!
PARA QUÊ PRESSA?
SÓ PARA ALIMENTAR A BÔCA,
A PRESSA DEPRESSA DE QUEM NÃO ESPERA?

SE HÁ ESPORAS,
E NÃO HÁ RÉDEAS PARA QUEM  TEM PRESSA,
HÁ TAMBÉM RÊDE E CAMA PARA QUEM NÃO TEM PRESSA, E NÃO DESESPERA!

LONGE DE MIM A PRESSA DEPRESSA QUE NÃO ESPERA!
LONGE DE MIM OS CÁGADOS SEM PRESSA QUE DESESPERA!

LONGE DE MIM A PRESSA, SEM PRESSA.
A PRESSA COM PRESSA, DEPRESSA!
DEPRESSA?
LONGE DE MIM A PRESSA QUE DESESPERA DA PRESSA,
LONGE DE MIM, 
TODOS AQUELES FILHOS DA PRESSA DEPRESSA QUE NUNCA TIRAM FÉRIAS.

SERRAOMANOEL - J.FORA/MG -SÃO MATEUS - 08.08.1987
serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 11/10/2007
Código do texto: T690560

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (158750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 18:45)
serraomanoel