Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração Que Se Cala

Era,
mas não parecia
em média,
o que se dizia...
É que tudo acontecia
entre a dor e a comédia.

Era uma história
prolixa,
da memória,
idéia fixa...
Era o amor ausente,
era o prazer conciso,
sentir era afluente
de descendentes torrentes
que não parecem
mas crescem,
como tormento no exílio,
carícia qualquer era auxílio.

Pudera,
o que se escondia,
era amor de coxia,
paixão de doer no duro
que mais que de ação, carecia
do empenho de um enduro.
Tensão forte,
de tremores
dessas que causam rumores,
num amor de grande porte.


Um dia,
sem mais nem menos,
implodiu em emoções,
ritmos nada amenos
que ,como raio explodiu,
como o dia rompe o escuro
e calou-se na batida,
das veias de um coração
com validade vencida.




Elane Tomich
Enviado por Elane Tomich em 09/11/2005
Código do texto: T69073
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elane Tomich
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
319 textos (11467 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:43)
Elane Tomich

Site do Escritor