Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se pudesses me amar

          Se pudesses me amar,
          quando aos teus olhos pareço,
         um ser  vulnerável e sem
                  graça,
         não terias o desprazer
            de enfim conhecer
     a fúria de tantas tempestades.
               
           Se pudesses me amar,
        quando sem pressa espero,
          o teu silêncio preguiçoso
                  terminar,
        não ouvirias de mim tantas ofensas
        e terias uma grata  recompensa,
        de ver desconstruída a minha ira.

             Se pudesses me amar,
         quando desatenta te deixo,
          desconcertado  num beco
                sem saída,
        estarias redimido previamente
          de algumas  mentiras,
      que provalvelmente ainda contarias.
   
Diulinda Garcia
Publicado em 12/10/07.      
Diulinda Garcia de Medeiros
Enviado por Diulinda Garcia de Medeiros em 12/10/2007
Reeditado em 12/10/2007
Código do texto: T691120
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diulinda Garcia de Medeiros
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
265 textos (6901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 21:38)
Diulinda Garcia de Medeiros

Site do Escritor