Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na margem do rio


Curvo-me
na curva do rio
e em vão
procuro o coração
que dizem
lá estar enterrado.

Quantas lágrimas
seguem nestas águas?
Quantas mágoas
deságuam no mar?

Ouço o cântico das lavadeiras
na beira deste rio
as águas a murmurar entre as pedras
segredam a mim
o que tu não segredas.

Lavo meu espírito
lavando-me
nas águas deste rio
onde banho meus olhos
onde umedeço meus sonhos
e sigo a correnteza,
esta corrente de incerteza
que me arrasta
sem libertar-me deste corpo
preso à sua margem.
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 12/10/2007
Código do texto: T691371

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
432 textos (57571 leituras)
3 áudios (859 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 16:05)
Mauro Gouvêa