Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mal Acostumado



Mal Acostumado

Minhas poesias,
Não tem jeito, ficaram tristes
Compreenderam que não existe
Nada mais entre nós.

O meu orkut...
Estava tão acostumado
O coitado esta quase parado
De saudade de você.

Minha cidade,
Já não tem felicidade
Quase morreu de saudade
Só porque você mudou.

Meu celular
Vive num canto calado
Suas baterias esgotarão
Só vive mesmo apagado...

Até meu carro,
Só vive na oficina,
O coitado não domina
A falta que você lhe faz

Meu coração,
Que sabia tudo, tudo
Ele agora vive mudo
E mais nada quer dizer

A minha vida
Com você se acostumou
Depois que você partiu
Não tem mais nenhum sabor

Há muito tempo,
Eu devia compreender,
E não ter deixado habituar,
Tudo que eu tenho com você....
BARRET
Enviado por BARRET em 12/10/2007
Código do texto: T692026
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
779 textos (71550 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 18:29)
BARRET